Conheça mais sobre a dessensibilização alimentar

As alergias alimentares agora podem ter tratamento: a dessensibilização alimentar, oferecida pela equipe médica da Clínica Croce. O Dr. Fábio F. Morato Castro explica mais sobre o procedimento. Acompanhe a entrevista abaixo:

Como é o tratamento? É demorado?
Dr. Fábio – A dessensibilização é feita com o alimento que causa a alergia. Para o diagnóstico, fazemos alguns exames e testes. Temos alguns critérios como: reações graves, escapes (acidentes) e um alimento importante. O tempo é relativamente rápido, cerca de um mês.

Quais os alimentos mais frequentes que são dessensibilizados dentro desse tratamento?
Dr. Fábio – Os principais são o leite e o ovo.

A dessensibilização alimentar só pode ser feita em criança?
Dr. Fábio – O tratamento pode ser feito em qualquer idade, mas em crianças esperamos que ela tenha completado três anos para que possamos ter uma evolução espontânea.

Há riscos durante a dessensibilização?
Dr. Fábio – Sim. Sempre há riscos calculados.

Podemos considerar que a pessoa dessensibilizada está curada da alergia?
Dr. Fábio – Sim, desde que continue utilizando o alimento causador da alergia.

Quando foi feita a primeira dessensibilização por alimento?
Dr. Fábio – Há muitos anos, mas com mais intensidade há uns 10 anos.

Existem outros tipos de dessensibilização?

Dr. Fábio – Sim e é feita com pessoas alérgicas a medicamentos, ácaros e venenos de insetos.

Se esse assunto te interessou, entre em contato com a Clínica Croce no telefone (11) 3864-2246.

 

Compartilhe